sábado, 15 de agosto de 2009

Bolo de carambola


Elas surgiram a poucos dias em quase todos os lugares em que se vende frutas aqui em São Paulo!!!! Desde que eu era menina não as tinha visto em tal quantidade...E folheando um livro de receitas do Sesi achei essa receita e resolvi experimentar...O resultado foi um bolo fofíssimo, delicioso e exótico!

Ingredientes:


Massa:
  • 4 ovos,
  • 1 xícara (chá) de açúcar,
  • 2 colheres (sopa) de margarina,
  • 1 1/2 xícara (chá) de carambola cortada em pedaços,
  • 1/2 xícara (chá) de água,
  • 2 xícaras (chá) de farinha de trigo,
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó.
Calda:
  • 1 carambola,
  • 1 xícara (chá) de água,
  • 1 xícara (chá) de açúcar.
Para a massa bata as claras em neve, acrescente as gemas uma a uma, o açúcar aos poucos, a margarina e bata até obter um creme. Bata a carambola com a água no liquidificador e junte ao creme. médio.
Para a calda corte a carambola em fatias finas, formando estrelas. Reserve. Leve ao fogo a água e o açúcar até formar uma calda em ponto de fio leve. Acrescente a carambola e deixe levantar fervura. Desenforme o bolo e cubra com a calda e enfeite com as estrelas de carambola.


Carambola (Averrhoa carambola ; Oxalidaceae), também conhecida como star fruit em virtude de ter cinco gomos e quando cortada parece uma estrela de cinco pontas.
A carambola, fruto da caramboleira, é uma árvore ornamental de pequeno porte, de flores brancas e purpúreas, largamente usada como planta de arborização de jardins e quintais. Originária da Índia, e muito conhecida na China, foi introduzida no Brasil em 1817. Plantada em quase todo o território nacional, começa a produzir frutos em torno de 4 anos de existência, dando em média 200 frutos, podendo durar de 50 a 70 anos.
De sabor agridoce, cor variando do verde ao amarelo, dependendo do grau de maturação, rica em sais minerais (cálcio, fósforo e ferro) e contendo vitaminas A , C e do complexo B, a carambola é considerada uma fruta febrífuga (que serve para combater a febre), antiescorbutíca (que serve para curar a doença escorbuto - carência de vitamina C, e que se caracteriza pela tendência a hemorragias) e, devido a grande quantidade de ácido oxálico estimulador do apetite, sendo ainda usada pela medicina popular no tratamento de afecções renais. Seu suco, além de possuir um delicioso sabor, é usado para tirar manchas de ferro, de tintas e ainda limpar metais. Sua casca, por possuir alto teor de tanino, cujo poder adstringente pode prender o intestino, é utilizada como antidesentérico..
Embora considerada uma fruta de quintal, pois seu cultivo não é feito em escala, sendo produzida apenas em sítios, quintais, granjas e pomares de fazendas, a carambola está sempre presente na mesa dopernambucano.
Pode ser consumida ao natural ou no preparo de geléias, caldas, sucos e compotas. Cortada em fatias e deixada no fogo brando com açúcar, fica quase da mesma consistência e sabor do doce de ameixa-preta. Na Índia e na China são bastante consumidas como sobremesa, assim como as flores e os frutos verdes, que são utilizados nas saladas.

3 comentários:

calma que estou com pressa disse...

olá Sil! nossa que bolo de visual inUsitado e indo! nunca vi recita de carambolas, deve ser ma delicia, pois amo carambolas. tu é que ninguém a minha mãe, quando o pomar estava cheio de alguma fruta, ela sempe inventava alguma coisa prá fruta, pois dá tudo de uma vez só, então era bolo, geleia, sorvete, suco, e ainda congelava a polpa , a mulher não jogava nada fora, e engraçado qe de tanto ver isto, faço o mesmo, é isto aí!
bjs

Lena disse...

Que bolo lindo !!!! Vou experimentar essa receita, na fazenda tem muita carambola, depois te conto.
bjs amiga, tava sumida né?
lena

Artes da Ló disse...

Amiga deu agua na boca,qie covardia rssss,beijos !!!